Tribuna do Interior

Tocantins, Sexta-feira, 24 de setembro de 2021.
13/08/2021 - 15h47m

Bloco de aulas sobre Educação Ambiental reúne material didático para prevenção de focos de queimada

Juliana Carneiro/Governo do Tocantins 
Foto: Reprodução/Gov. do Tocantins
Autoridades e técnicos da Seduc participam do lançamento do bloco de aulas 2021 sobre Educação ambiental
Autoridades e técnicos da Seduc participam do lançamento do bloco de aulas 2021 sobre Educação ambiental
  • Equipes das Diretorias Regionais e membros do comitê do fogo participam do lançamento do bloco de aulas 2021 sobre Educação ambiental

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), lançou nesta sexta-feira, 13, através da plataforma Google Meet, o bloco de aulas de educação ambiental - queimadas 2021.

A Seduc, alinhada às iniciativas do Governo do Tocantins, trabalha em ações de prevenção, controle e enfrentamento das queimadas. O bloco de aulas de educação ambiental-queimadas, iniciado em 2020, tem como objetivo enfatizar ações educativas voltadas à prevenção e controle dos focos de queimadas, por meio de práticas pedagógicas convergentes com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o Documento Curricular do Tocantins (DCT), planejadas para o ensino híbrido em toda a rede estadual.

O Bloco de aula consiste em material didático específico e planos de aulas para suporte pedagógico, elaborado pela equipe da Unidade técnica de Meio ambiente e Saúde-Seduc e vem sendo aplicado, desde 2020, em razão da pandemia como proposta para abordagem das temáticas regionais em formato não presencial.  Para o ano de 2021, o material didático e os planos de aulas foram atualizados, serão reforçadas as iniciativas, inclusive com formações organizadas específicas para as comunidades escolares rurais e indígenas.

O secretário Executivo da Seduc, Danilo Azevedo da Costa, representando a secretária Adriana Aguiar, destacou e reiterou o compromisso de continuar com essa parceria que integra as atividades educativas, promovidas pelo comitê do fogo, que busca o desenvolvimento de ações com o objetivo de minimizar as queimadas e incêndios florestais, que todos os anos consomem vastas áreas de cerrado e florestas no Estado do Tocantins. 

O coordenador do Centro de Apoio Operacional de Urbanismo Habitação e Meio Ambiente (Caoma), o procurador de justiça José Maria da Silva Júnior, enfatizou o quanto a parceria entre a Seduc, o Corpo de Bombeiros e o Ministério Público é importante.

"Temos obtido respostas muito interessantes e positivas de articulações estaduais e municipais que contemplam ações de educação ambiental e que já demonstram surtir efeito. Evidenciando a importância de reforçar as parcerias existentes e de incluir novos parceiros, como a rede privada de ensino, a fim de incluir a educação ambiental na base educacional o que com certeza nos dará ações mais conscientes no futuro".

A gerente de Educação do Campo e Quilombola, Lorena Santos, e o gerente de Educação Indígena, Waxiy Maluá Karajá, apresentaram ações já efetivadas e de sucesso onde destaca-se o papel do estudante que dissemina o pensamento de preservação ambiental dentre a família e a comunidade.

Também participaram do lançamento o coordenador Adjunto da Defesa Civil, responsável pelo comitê do fogo, tenente coronel Erisvaldo de Oliveira Alves; o responsável técnico pela Educação Ambiental e Saúde na Diretoria Regional de Tocantinópolis, Daniel Vieira de Morais; a responsável técnica da Unidade Técnica Executiva de Educação Ambiental e Saúde da Seduc, Dâmaris Schwambach, e a diretora de Desenvolvimento Científico e Profissional da Seduc, Fabrícia Neli Johann Martins.

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente