Tribuna do Interior

Tocantins, Segunda-feira, 01 de junho de 2020.
15/05/2018 - 08h39m

Carlesse defende que Tocantins "não vai aguentar mais uma troca de governo"

Do Portal CT 
Divulgação
Mauro Carlesse com representantes do transporte de passageiros do Tocantins
Mauro Carlesse com representantes do transporte de passageiros do Tocantins

Empresas, cooperativas, sindicatos e associações representativas do transporte de passageiros do Tocantins se reuniram no Comitê Central da campanha de Mauro Carlesse (PHS) para declarar apoio à candidatura do governador interino na eleição suplementar do dia 3 de junho. Representantes das empresas e entidades foram recebidos por Carlesse e reforçaram a preocupação do setor com a insegurança jurídica enfrentada no Estado.

Na ocasião, Carlesse agradeceu o apoio, defendendo sua candidatura como o caminho para a estabilidade jurídica e política no Tocantins. "? um momento difícil que exige pulso firme, posicionamento  claro, firmeza para cumprir os compromissos assumidos pelo Estado. Se não houver segurança jurídica, como vamos atender as demandas urgentes do Estado? O Tocantins não vai aguentar mais uma troca de governo neste momento. Seria muito prejudicial", enfatizou o candidato da coligação Governo de Atitude.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato das Empresas de ?nibus do Tocantins, Rildo Mundim Rios, o grupo presente no encontro representa cerca de 95% do  transporte de passageiros do Tocantins. A decisão de declarar apoio à eleição de Mauro Carlesse, conforme destacou, leva em consideração a seriedade com que a atual gestão tem tratado as questões que envolvem o transporte no âmbito da Agência Tocantinense de Regulação (ATR). "O que nós estamos vendo e queremos que seja mantido é o respeito, a coisa correta sendo feita e respeito aos prestadores de serviço no Estado", defendeu.

A defesa da segurança jurídica, que garante condições adequadas de as empresas realizarem seus serviços, marcaram diversos posicionamentos. "A insegurança jurídica é o pior problema enfrentado hoje no Tocantins", frisou Amarildo Mundin Rios, representando a empresa KRM Transportes. Na mesma linha, Antônio Borba Pereira, da Viação Norte Sul, defendeu que esta segurança é fator primordial para que as empresas tenham acesso a crédito e possam, assim, se manter com dignidade no mercado.

Agenda
Na região sul do Estado no sábado, 12, o governador interino visitou quatro cidades. Araguaçu foi a primeira da lista, onde o candidato recebeu apoio do prefeito Quincas Nunes (PSDB). "Carlesse abraçou o Tocantins e nos devolveu a esperança. Temos a certeza da vitória sabendo que os municípios pequenos precisam de um governador municipalista", disse.

Em Formoso do Araguaia, Carlesse estava acompanhado de prefeitos da região, do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB), do ex-deputado federal Hudson Bandeira, líderes locais e de muitos populares. A comitiva seguiu em carreata até a avenida principal da cidade e acompanhou a cavalgada saudando cavaleiros e amazonas.

"As cavalgadas são tradicionais em nosso Estado. Já apoiamos muito como deputado e vamos continuar fortalecendo essa festa que representa a riqueza que vem do campo, a nossa cultura e a tradição do nosso povo", afirmou Mauro Carlesse.

Já em Figueirópolis, Mauro Carlesse recebeu o apoio dos vereadores Pinto dos Reis (PDT), presidente da Câmara; Arnor Parrião (MDB), Hérica Menezes (PHS) e Maria Rosa (SD). "A grande maioria da população de Figueirópolis está com você governador. Estamos cansados de discursos bonitos, mas que nos enganam. Temos certeza que o senhor fará a diferença", disse a parlamentar do Solidariedade. Quem também declarou apoio a Mauro Carlesse foi o ex-prefeito de Figueirópolis, José Fontoura Primo.  

Ainda no sábado, Mauro Carlesse esteve em Alvorada, onde acompanhado do prefeito Paulo Antônio (PSD), prestigiou um evento privado de homenagem às mães da cidade. "Terminamos o dia nessa festa maravilhosa das mães. Com o apoio de mais três prefeitos do sul, estou feliz e firme no propósito de devolver o Tocantins aos homens e mulheres de bem", finalizou o candidato da coligação "Governo de Atitude". (Com informações da Ascom)

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente