Tribuna do Interior

Tocantins, Sábado, 26 de setembro de 2020.
07/02/2020 - 21h12m

Incêndio de grandes proporções atinge lojas Morenta e Tend Tudo e causa grande prejuizos em Campos Belos de Goiás

Com Informações do Blog Dinomar Miranda e Testemunhas 
Foto: Divulgação

O incêndio das lojas Morenta e Tend Tudo nesta quarta-feira 05 teve seu início no depósito da lojas Morenta. Lá havia muito material inflamável, como colchões e guarda-roupas desmontados. Tudo foi consumido pelas chamas. 

? medida que a notícia do incêndio foi se espalhando, centenas de pessoas foram ao local com o intuito de ajudar a salvar as duas lojas. 

A princípio, havia muita fumaça, a energia foi desligada e com isto não se tinha a dimensão exata do fogo no local.

Naquele momento, as pessoas começaram a retirar móveis e eletrodomésticos e  a empilhar tudo do lado de fora das lojas. Era um verdadeiro formigueiro, pessoas entrando e saindo com tudo que podiam carregar como meio de minimizar o prejuízo.

Mais tarde começou a chover. Por um lado ajudou a apagar o fogo, mas molhou tudo que foi colocado na rua. Mulheres, crianças, idosos, todos se empenharam em captar esta água da enxurrada e enchendo baldes e bacias para tentar apagar o incêndio.

Devido ao telhado de zinco, a chuva não conseguiu apagar o fogo, mas a população não abria mão de ajudar de alguma forma.

Era muita gente, mas não havia um comando. Devido a urgência das ações, as idéias eram colocadas em prática no momento, e assim um  caminhão pipa chegou a entrar no deposito para tentar alcançar o fogo, mas não deu certo. Um outro caminhão menor entrou em um beco da casa vizinha, mas o veículo atolou.

Ligaram a água, mas a mangueira não tinha bico. E com isto não alcançou o fogo e ainda acabou atolando em um terreno bastante encharcado.

No local, estavam dois bombeiros, mas diante da falta de equipamento adequado, nada puderam fazer. Um deles ainda tentou jogar a água mas não havia pressão suficiente e a operação foi abortada. Foi um clima desesperador.  A chuva foi grossa e gerou muita enxurrada.

Diante daquela calamidade, Leandro Fox entrou em contato com o comandante do batalhão de bombeiros, oficial conhecido seu, que  prometeu que mandaria uma equipe de Planaltina Goiás.

Somente, por volta de 4 horas da madrugado, quando a equipe do Corpo de Bombeiros chegou na cidade em um pequeno veículo pequeno, é que o fogo foi controlado. Mesmo assim, o carro dos Bombeiros teve que ser reabastecido pelos caminhões pipas.

 No fim, ficou um rastro de destruição, parecia cenário de guerra. O forro desabou com a alta temperatura e muitos móveis foram molhados.

Ainda pela manhã, os militares do corpo de  bombeiros ainda lutavam para apagar os focos ainda existentes, mas que já não ofereciam perigo.

Além do prejuízo material pelo incêndio, há rumores de que algumas pessoas teriam apossado de algumas mercadorias, dentre elas celulares. Mas a Policia Militar agiu rápido e deteve envolvidos no episódio criminoso desses oportunistas.

Estão na cidade quatro viaturas dos Bombeiros, das equipes de Posse (GO)  e Planaltina (GO) e pelo visto ainda terão muito trabalho para encerrar de vez as chamas que ainda permaneciam nesta manhã.

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente