Tribuna do Interior

Tocantins, Terça-feira, 26 de outubro de 2021.
15/02/2016 - 20h54m

Motorista bêbado invade contramão, bate em outro carro e deixa dois mortos e quatro feridos na GO 110

Do blog Dinomar Miranda 
Do blo Dinomar MIranda
Um gravíssimo acidente, ocorrido na tarde deste domingo (14), tirou a vida de uma criança, de apenas um aninho, e de um idoso.
Era por volta de quatro horas da tarde, quando seis pessoas de uma mesma família de Campos Belos, no nordeste de Goiás, se dirigia ao distrito do Barreirão, pela rodovia GO-110. 
Na altura da localidade do Paiol Velho, a 5km de Campos Belos, o carro da família, um Voyage prata, foi surpreendido por um outro carro, um corsa preto descontrolado, que invadiu a pista contrária e colidiram de frente. 
O corsa era dirigido por Marino Santana de Menezes, de 36 anos, que vinha de uma comunidade rural, no mesmo município, conhecida como Cabeçudo. 
Com o gravíssimo choque, todas os seis passageiros do Voyage se feriram, quatro de forma grave. 
O pequeno Yuri Nascimento Oliveira, de apenas um aninho, foi socorrido por pessoas que passavam pelo local e levado ao hospital municipal Anjo Galvão. 
Mas não resistiu aos gravíssimos ferimentos e morreu. 
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e também socorreu os demais feridos para o hospital público de Campos Belos. 
O motorista do Voyage, o idoso José Deocleciano  de Jesus, de 64 anos, chegou a ser atendido pela equipe médica, mas também não resistiu aos ferimentos advindos da colisão e também morreu.  
De acordo com informações da Polícia Militar, outras duas vítimas tiveram ferimentos graves. 
Uma delas teve que ser transferida para um hospital de Brasília, devido a uma perfuração na barriga. 
Uma das passageiras foi a única pessoa, mesmo ferida e em choque, que teve condições de explicar as circunstâncias do acidente. 
Ainda de acordo com o documento lavrado pela PM, o motorista do Corsa estava visivelmente embriagado, foi o responsável pelo acidente, ao perder o controle da direção, invadir a pista contrária e colidir com o carro da família que vinha em sentido contrário. 
Ele, que teve apenas uma pequena escoriação, foi preso em flagrante e se encontra à disposição da Justiça na cadeia pública local. 
O motorista deve ser enquadrado por embriaguez ao volante, condução perigosa e, possivelmente, por homicídio com dolo eventual, por duas vezes.
Segundo a legislação penal brasileira,  este crime ocorre quando o agente, mesmo sem querer efetivamente o resultado, assume o risco de o produzir. 
Quem bebe e assume o volante, assume o risco de matar. 
"A criança tinha apenas um aninho, completado no dia 31 de janeiro. A mãe da criança não estava junto no carro. Ele estava com o pai de criação, o qual está em choque. Muita tristeza, gente! ! Eu estava trabalhando ontem e acompanhei o sofrimento dessas pessoas! Tenha misericórdia, Senhor", disse Lucinha Brito, enfermeira que estava no hospital na hora do atendimento às vítimas. 
© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente