Tribuna do Interior

Tocantins, Terça-feira, 26 de outubro de 2021.
14/09/2015 - 17h43m

Nova Roma (GO): balsa corta serviço e comunidade fica isolada. Falta atendimento médico e até casamento foi prejudicado

Do blog Dinomar Miranda 
Do Blog Dinomar Miranda
População isolada por falta de balsa para travessia no sentido Campos Belos
População isolada por falta de balsa para travessia no sentido Campos Belos
Enquanto o país assiste, estupefato, às cenas diárias da Operação Lava Jato e os cidadãos tomam pé dos bilhões de reais desviados dos cofres públicos e da falta que esta grana tem feito e vai fazer, a indignação social se apodera. 
Em Nova Roma, nordeste de Goiás, por exemplo, um dos municípios com os piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, o sofrimento das pessoas é cada vez maior, ainda mais com a tendência de mais cortes no orçamento público, para fazer frente à grave crise econômica. 

Um dos exemplo é o mal que a falta de uma ponte está fazendo à comunidade, somada à inexistência de um bom serviço de atendimento médico. 
Ainda há pouco recebemos, praticamente, um pedido de socorro, em virtude dos graves problemas sociais que afligem as pessoas da região. 
Em Nova Roma, quem necessita de qualquer atendimento médico, segundo nos conta uma moradora, tem que tomar uma balsa e se dirigir à cidade de Campos Belos, também no nordeste do estado, única cidade com alguns tipos de exames e atendimento médico especializado. 
Exames de laboratórios e atendimento médico ortopédico, de cardiologia e genecologia só na cidade vizinha e distante. 
Segundo a moradora, a cidade de Nova Roma não oferece qualquer tipo de exame e o hospital local funciona como se fosse um posto médico. 
E para piorar, só uma médica atende toda a demanda.
Uma calamidade, dizem os moradores. 
Se não bastasse, por falta de contrato, os balseiros fecharam o serviço de travessia entre as cidades de Nova Roma e Monte Alegre de Goiás. 
Doentes estão sem atendimentos e até um casamento foi prejudicado pela paralisação das balsas. 
Recentemente, a comunidade se uniu e chegou a enviar, por conta própria, um documento pedindo ajuda ao governador Marcone Perillo. 
"Peço a gentileza de recontratar os balseiros, porque isso está trazendo muito transtorno devido o fluxo de carro transitando é muito inclusive hoje tem um casamento de um Juízo em Alvorada e vieram muitas autoridades como juízos de Palma e Arraias e outras ficaram indignados porque a balsa está trancada", escreveram a comunidade no ofício enviado ao governador. 
Leia abaixo o documento enviado ao governador. 
Espero que Perillo receba este documento e resolva as urgentes demandas das comunidades da cidade de Nova Roma.


ESTADO DE GOIÁS
DISTRITO PRATA MUNICÍPIO DE
MONTE ALEGRE DE GOIÁS



Ofício nº _002___/ 2015                                Distrito Prata, 12 de setembro de 2015.
                                                                Senhor Governador Marconi Perillo
Apraz em cumprimentar Vossa Senhoria pelo os brilhantes trabalhos que vem realizando no governo em prol do nordeste goiano, venho solicitar de Vossa Senhoria que providencia com urgência a liberação da balsa que liga Monte Alegre a Nova Roma, pois eu tenho uma chácara do lado do município de Nova Roma, peço a gentileza de recontratar os balseiros, porque isso está trazendo muito transtorno devido o fluxo de carro transitando é muito inclusive hoje tem um casamento de um Juízo em Alvorada e vieram muitas autoridades como juízos de Palma e Arraias e outras ficaram indignados porque a balsa está trancada.   
Se for possível agilizar o contrato, nós ficaremos gratos, o povo do município de Nova Roma necessita de médicos especialista tem na cidade de Campos Belos que é a cidade mais próxima. Não sabemos o motivo que vossa senhoria dispensou os funcionários e por fim ainda trancou com correntes e cadeados para que ninguém possa atravessar. 
Certo de poder contar com a Vossa apoio renovo os meus protesto da mais alta estima e consideração.
Atenciosamente,
© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente