Tribuna do Interior

Tocantins, quarta-feira, 15 de julho de 2020.
03/06/2020 - 15h22m

Plano Estadual de Resíduos Sólidos do Tocantins ganha destaque na edição de lançamento da Revista da Associação Brasileira de Entidades Estadua

Lu?za Caetano/Governo do Tocantins 
Capa da primeira edição da Revista da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambie
Estagiária sob supervisão de Thuanny Vieira
Estagiária sob supervisão de Thuanny Vieira

Na última sexta-feira, 29, foi realizado o lançamento da primeira edição da revista da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema). Totalmente virtual, o evento foi pauta da 94ª Reunião Ordinária da Abema e contou com a participação de membros da diretoria, dirigentes dos órgãos ambientais, secretários de estado e assessores de comunicação de todo o país.

O Plano Estadual de Resíduos Sólidos do Tocantins (PERS-TO) ganhou destaque e foi abordado na reportagem explicando o processo de execução nos municípios do Estado e as dificuldades enfrentadas. A implantação do Sistema Informatizado de Gestão de Resíduos Sólidos do Estado do Tocantins (SIGERS-TO) também é citada e pautada como passo importante dado pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh).

Segundo o secretário da Semarh, Renato Jayme "a revista da Abema é um diferencial para o meio ambiente e tem o devido destaque às ações realizadas pelos estados, podendo disseminar nosso trabalho para autoridades especializadas na área, além do público interessado".

A revista foi elaborada durante três meses com apoio das equipes de comunicação de cada Estado e será publicada bimestralmente com o objetivo de fortalecer e impulsionar as ações ambientais, além de informar o público sobre as ações de cada estado e o Distrito Federal em um só lugar.

A primeira edição da revista foi publicada contendo 124 páginas com artigos e conteúdo editorial de todo o país e estará disponível para download no site da Semarh e em suas redes sociais. Confira a revista na íntegra aqui.

PERS-TO

O Plano é um instrumento normativo de planejamento e gestão, que norteia o Estado em suas decisões no enfrentamento dos principais problemas decorrentes do manejo inadequado dos resíduos sólidos.

No referido documento foram traçadas diretrizes e metas, que incentivam os municípios a implantação e o compartilhamento de ações regionalizadas, com vistas à elevação das escalas de aproveitamento e à redução dos custos envolvidos.

SIGERS-TO

O SIGERS-TO é um sistema digital de informações sobre os resíduos sólidos, instrumento de execução da Lei Estadual nº 3.614, de 18 de dezembro de 2019, que instituí a Política Estadual de Resíduos Sólidos, além de ser um dos requisitos para poder pontuar no ICMS ecológico.  Por meio do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDIRS) foi possível a elaboração e o desenvolvimento do Sistema, que vai coletar anualmente dados sobre todas as etapas da gestão de resíduos sólidos, desde a coleta até a disposição final.

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente