Tribuna do Interior

Tocantins, Sábado, 26 de setembro de 2020.
24/01/2020 - 18h18m

População de Novo Alegre cobra da Câmara de vereadores julgamento das contas rejeitadas de Wilson Souza pelo TCE

Rodrigues di Sousa 
Arte: Divulgação
População cobra julgamento rápido das contas já rejeitadas pelo TCE/TO
População cobra julgamento rápido das contas já rejeitadas pelo TCE/TO

A população de Novo Alegre, região Sudeste do Tocantins mobilizou esta nesta quarta-feira 22, para cobrar dos vereadores do municipio, em especial do presidente do Legislativo Municipal vereador Otávio Gomes de Oliveira, mais conhecido como Tavinho (PROS), para que o mesmo coloque em pauta o julgamento das contas do ex-prefeito daquela cidade, gestão 2009/2016 Wilson Souza e Silva (PSD), rejeitadas por unanimidade pelo pleno do Tribunal de Contas (TCE) do Estado do Tocantins.

Segundo informações de bastidores na cidade, o ex gestor vem interferindo nas eleições internas da casa de leis, para eleger o presidente de sua base política nos últimos dois anos visando garantir a permanência dos balancetes na gaveta daquele parlamento, porque precisa de dois terços daquela casa para derrubar o parecer técnico do TCE, o que não deixa de ser irresponsabilidade e uma vergonha para os vereadores da oposição, ao encobrir a corrupção da gestão passada em detrimento da representação em defesa da população, desabafou um dos lideres do movimento.

Um outro cidadão novo alegrense que pediu para não se identificar disse a nossa reportagem que quem compartilha com a corrupção é corrupto tanto quanto o gestor, que ao movimentar para que a câmara não vote os balancetes, por não ter os votos suficientes para de burrubar o parecer do colegiado que reprovou as contas no TCE, desviou sua conduta moral que tanto pregava em seus discursos de enganação.

Um outro cidadão do município culpa os dois últimos presidentes, sendo eles Euclides Farias dos santos "o Foca" gestão 2019 e Otávio Gomes de Oliveira "o Tavinho", além de um vereador já conhecido na cidade por sua decisão de mudar de lado, que se rendeu a oposição, por ainda o Legislativo não ter dado, uma satisfação para a população de quem deveria representar, e não um político, já que é a população é quem paga seus salários. Ele afirmou nas redes sociais, que agora a comunidade novoalegrense exige respeito e que os vereadores não deixem isso passar, pois quem vota a favor do Wilson será conivente é tão corrupto quanto ele.

Wilson Souza e Silva teve vários balancetes de contas consolidadas nos seus dois mandatos que exerceu entre 2009/2016, rejeitados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) Tocantins.

? preciso que o Ministério Publico Estadual interfira no caso e faça valer o que determina a legislação e não deixe que pareceres técnicos de um órgão de controle externo, sejam engolidos por um jogo político e a população saia prejudicada em detrimento dos desmando administrativo.

A redação tentou contatos com os citados na matéria até a publicação da matéria, mas não obteve sucessos. Porém nossos espaços continua aberto caso queiram se manifestar.

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente