Tribuna do Interior

Tocantins, Terça-feira, 26 de outubro de 2021.
30/08/2015 - 10h42m

Recomeçam as atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos em Campos Belos (GO)

Por Renato Ribeiro, 
fOTO: Renato Ribeiro
FOTO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO CONVIVENCIA
FOTO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO CONVIVENCIA
Nesta última terça-feira (25) recomeçaram as atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), conforme o Cronograma de Trabalho das Orientadoras (Nielma e Késia) e Técnicas de referência (Akeib e Mariza). 

Ainda existem vagas para algumas das oficinas do SCFV. Quando se fala de futuro, a primeira coisa que vem a cabeça são as crianças, claro. 

O SCFV é um projeto que desde 2013 está em funcionamento e mais especificamente em 2014, com a Secretária Karinna, que buscou inovar e transformar este serviço e por isso vem se destacando com atividades para crianças a partir dos seis anos de idade, jovens e idosos. 

Com algumas finalidades:

- Proporcionar espaço de convivência; 
- a formação para a participação e cidadania;
- o desenvolvimento do protagonismo;
- o desenvolvimento da autonomia das crianças e dos adolescentes a partir de interesses, demandas e potencialidades dessas faixas etárias.

E ao mesmo tempo, ensiná-los a conviver em sociedade, a serem cidadãos exemplares e com amplo conhecimento cultural. 

Mas espera aí, conhecimento cultural? Sim, exatamente.

Temos atualmente várias oficinas, uma mais legal que a outra, todas com profissionais altamente qualificados para proporcionar a melhor experiência possível para nossas crianças. 

Como por exemplo, o professor Elizafan (Fan), que instrui aulas de música e acompanha o projeto a oito meses, já com 14 anos de experiência na área. 

O Renato Yoshida também não fica de fora, acompanha o projeto desde o inicio e se diz muito feliz de poder contribuir com o futuro de nossas crianças, assim como todos os outros profissionais que atuam atualmente nas oficinas, como o Zenildo (He-man) professor de jiu-jitsu, Jair (capoeira), Myller (violão) e Rondilene (Flauta). 

A Jaqueline é a responsável da oficina dos idosos, afinal, eles foram os pilares para o nosso crescimento, e devemos muito a eles, então por que não reservar um espaço especial para eles? ? nesse espaço que está incluso tudo e mais um pouco, como por exemplo, passeios, jogos, brincadeiras, tradicional forró e uma boa alimentação. 

Falando em lanche, não poderíamos deixar de falar da merenda de alta qualidade que é feita com todo amor por nossas cozinheiras (Fatinha e Gláucia), afinal de contas, pois como diria minha querida vozinha, "saco vazio não para em pé".

Façam-nos uma visita, venham conhecer o nosso projeto, estamos localizados na Secretaria Municipal de Ação Social, Avenida das Indústrias, Qd. D2 Lt. 06 Setor Industrial. Estamos esperando de braços abertos.
© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente