Tribuna do Interior

Tocantins, Terça-feira, 27 de outubro de 2020.
22/09/2020 - 21h55m

Secretários da Educação da Amazônia Legal discutem avanços do projeto de Alfabetização na Idade Certa

Jos?lia de Lima/Governo do Tocantins 
Foto: Aldemar Ribeiro/Governo do Tocantins
Secretários do Tocantins durante a abertura do Fórum que este ano acontece no formato on-line
Secretários do Tocantins durante a abertura do Fórum que este ano acontece no formato on-line

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes do Tocantins, Adriana Aguiar, participou nesta terça-feira, 22, da 1ª Reunião das Câmaras Setoriais de Educação e Tecnologia, parte do 21º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, realizada em ambiente virtual. Adriana é a coordenadora da Câmara técnica de Educação do Fórum.

Na ocasião, foi apresentado o projeto Alfabetização e Aprendizagem na Idade Certa em Regime de Colaboração com os Municípios. A titular da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) explicou as etapas do processo e falou dos prazos para a realização de cada etapa. Um dos próximos passos será a realização de um diagnóstico de aprendizagem, para traçar o perfil das escolas e conhecer a realidade de cada município.

"Os próximos passos são o levantamento estrutural, pedagógico e da formação de professores das escolas, desde a educação infantil até o 3º ano do ensino fundamental. Termos esse diagnóstico será fundamental para traçarmos as próximas etapas e formarmos as parcerias para a execução do projeto que será implementado em 2021", frisou Adriana Aguiar.

A secretária do Tocantins ressaltou as possibilidades de cooperação técnica com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). "Estamos considerando a diversidade de público, a especificidade de cada município e o que será necessário para a sua execução. Com essa pandemia, percebemos o quanto a tecnologia tornou-se importante para a educação, principalmente para se alcançar um maior número de alunos", esclareceu a gestora.

Durante o evento on-line, a secretária executiva da reunião, Cira Moura, destacou a necessidade de apresentar os planos de ações desse projeto na reunião de governadores, marcada para o próximo dia 29, como forma de conhecimento e de sensibilizar os governadores para a formação de parcerias com os municípios.

O projeto será executado em três ciclos: articulação, implementação e monitoramento. O objetivo principal é promover a alfabetização e a aprendizagem das crianças de 4 a 10 anos, como também, promover a formação para professores e equipe diretiva. O projeto abrange nove estados e 774 municípios e tem como eixos de atuação: a formação continuada; monitoramento e avaliação; materiais didáticos, pedagógicos e tecnológicos e infraestrutura escolar.

A secretária de Educação, Esporte e Lazer de Mato Grosso, Marioneide Kliemaschewsk, destacou a importância do projeto. "Percebemos o quanto temos que avançar nos processos de aprendizagens. E esse projeto elaborado pela Câmara Setorial irá nos auxiliar", ressaltou Marioneide.

Ficou definido que os membros da Câmara Setorial da Educação irão se reunir virtualmente,  logo após o encontro de governadores, para traçar os próximos passos para a execução do projeto.

Sobre o Fórum

O 21° Fórum de Governadores da Amazônia Legal começou nesta terça-feira, 22, e ainda irá abordar ao longo dos dias 23, 24 e 29 assuntos ligados à preservação do bioma e ao crescimento regional.

O Fórum de Governadores da Amazônia Legal foi criado em 2008. O objetivo do Fórum é discutir propostas comuns de desenvolvimento sustentável, que possam ser implementadas pelos nove estados que compõem a região. Ao final de cada encontro, os governadores elaboram uma carta contendo as principais demandas comuns a todos os estados, a fim de que as reivindicações sejam evidenciadas à sociedade civil e Poderes constituídos.


© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente