Tribuna do Interior

Tocantins, Segunda-feira, 26 de outubro de 2020.
18/09/2020 - 17h18m

Três chapas disputarão a prefeitura de Arraias, inclusive o proprio prefeito.

Por Rodrigues di Sousa 
Foto: Internet

Depois de muitas especulações de que em Arraias teria quatro chapas nessas eleições, o periodo das convenções encerraram nesta quera-feira 16 com três concorrentes, inclusive o prefeito Wagner Gentil, que buscará sua reeleição pela segunda vez, o que se isso acontecer será mais um capitulo na história da centenária cidade da colinas.

Entre as chapas concorrentes, a começar pelo atual mandatário Wagner Gentil, que para tentar buscar mais votos além dos que já é seu, trocou seu atual vice-prefeito Rimet Julles (PT) pelo até então pré-candidato Alexandre Cardoso (PTB), este que no inicio sinalisava bastante competitivo, com a expectativa do apoio do então deputado Cacildo Vasconcelos.

Já o pré-candidato, o atual vereador Herman Gomes ( ) buscar na força feminina de Ana Lima como sua companheira de chapa. Pelo historico das eleições de Arraias, é uma rara o´poertunidade em que se enxerga a classe feminina para compor chapa majoritária. classe até então discriminada quando o assunto é politica.

Enquanto que o arraiano e recém voltado da Bahia Jesus Aires (PSB) juntou se ao empresário do setor contabil e pecuarista Frederico de Paula como seu candidato a vice-prefeito. Jesus Aires como se sabe já tentou várias pré-candidaturas em eleições passadas, mas nunca havia de fato seguido adiante.

Desta vez com a promessa de apoio de seu cuncunhado ex-prefeito e ex-deputado Cacildo Vasconcelos, que, segundo bastidores havia prometido apoio a seu ex-aliado Alexandre Cardoso, mudou de idéia e passou a apoiar seu ex-desafeto Jesus Aires.

A disputa em Arraias pelo que se comenta nos bastidores da politica, será um paréo duro e ainda não se sabe quem será o herdeiro do paço municipal. Muito há o que esperar do que vai rolar nas articulações em busca do eleitor, na sua maioria carente e dependente de assistencia social. É esperar pra ver.

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente