Tribuna do Interior

Tocantins, quarta-feira, 15 de julho de 2020.
22/06/2020 - 11h54m

Veículos de comunicação divulgam carta aberta para governantes do Tocantins

AVECOM Tocantins 
Foto: Divulgação AVECOM

Nada menos que 19 veículos de comunicação filiados à AVECOM - Associação dos Veículos de Comunicação do Tocantins e outros 7 veículos parceiros divulgaram nesta quinta-feira, 18, uma "Carta Aberta aos Governantes do Tocantins" que elenca várias preocupações com relação à manutenção financeira das empresas durante a pandemia do novo coronavírus. (continua abaixo)

Considerado um serviço essencial, assim como médicos, enfermeiros e supermercados, as empresas de comunicação responsáveis por levar notícias de qualidade e credibilidade para informar a população, não vêm recebendo recursos suficientes para a manutenção de suas equipes de jornalismo, o que pode abrir espaço para o fortalecimento de veículos de comunicação especializados na divulgação de fake news e o surgimento dos chamados "gabinetes do ódio", que aglomera pessoas que se especializam em destruir reputações, sem qualquer compromisso com a verdade dos fatos.

Na carta aberta os veículos pedem o remanejamento de recursos para a área de comunicação social e apelam aos poderes Executivo e Legislativo que retomem as campanhas publicitárias, tanto para complementar o trabalho de esclarecimento da população sobre a pandemia quanto para fomentar a manutenção dessas empresas no médio e longo prazo.

Os veículos também cobram da Prefeitura de Palmas a conclusão da licitação da Secretaria de Comunicação que já dura nove meses, mas que até agora não foi finalizada.

Confira a nota:

CARTA ABERTA AOS GOVERNANTES DO TOCANTINS

A imprensa é um serviço essencial nessa pandemia, assim como médicos, enfermeiros, bombeiros e policiais militares. Não é só falácia nem proselitismo pois está reconhecida em lei. Não os blogueiros alinhados com o pensamento de determinado grupo político, nem os sites de fake News que buscam destruir reputações e construir narrativas. Mas o jornalismo profissional, feito por veículos de comunicação que há décadas estão no Tocantins e que têm compromisso com a verdade, com a apuração honesta e divulgação dos fatos da forma mais imparcial possível.

A imprensa livre e forte é essencial para informar através de fontes oficiais e confiáveis, o que ocorre em meio à maior crise sanitária e financeira dos últimos 100 anos. Temos a obrigação com o nosso público de divulgar tanto os fatos positivos, quanto os fatos negativos acerca dos poderes constituídos e da sociedade civil organizada e que medidas estão sendo tomadas para resolver os gravíssimos problemas que vimos enfrentando.

Dito isso, nos preocupa sobremaneira a escassez dos recursos públicos voltados para o setor, tanto com relação às campanhas publicitárias, que complementam a função de informar à população e ao mesmo tempo são uma importante fonte de receita para que os veículos profissionais de comunicação continuem oferecendo um trabalho de qualidade, quanto as linhas de crédito, fundamentais para que atravessemos esta pandemia sem demitir nossos funcionários, que se arriscam diariamente para levar as notícias aos leitores, ouvintes e telespectadores

Assim sendo, pedimos a sensibilidade dos nossos governantes, principalmente dos poderes Executivo e Legislativo para encontrar uma solução para este problema. Do contrário vamos ver empresas fechando, profissionais sendo demitidos e os gabinetes do ódio tomando conta do cenário da comunicação, com consequências imprevisíveis, principalmente para os mandatários do Estado.

O remanejamento de recursos para a Comunicação Social é fundamental para que continuemos desenvolvendo o nosso trabalho com qualidade, isenção, honestidade e imparcialidade necessários ao povo tocantinense de norte a sul do estado.

Da mesma forma, se faz necessária a finalização do processo de licitação da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Palmas, que já dura nove meses. Tão importante quanto, por todos os motivos elencados acima.

Palmas-TO, 17 de junho de 2020.

Assinam os seguintes membros da AVECOM - Associação Tocantinense dos Veículos de Comunicação, através dos seus representantes,

Márcio Rocha - Folha Capital

Maju Cotrim - Gazeta do Cerrado

Arnaldo Filho - AF Notícias

Alex Câmara - Orla Notícias

Wibergson Gomes - O Girassol

Fátima Fernandes - Portal Stylo

Hércules Dias - Portal HD

Sérgio Barbosa - Portal Agora-TO

Joana Castro - O Jornal

Edson Rodrigues - Paralelo 13

Alessandro Ferreira - Agência Tocantins

Paulo Palmares - A Voz do Bico

Fred Alves - Centro Norte Notícias

Ricardo Fernandes / Eduardo Gomes - Diário Tocantinense

Wesley Silas - Portal Atitude

Tasso Antônio - Folha do Bico

Bruno Alves Gomes - Bico 24h

Raimundo Lira - Poptvnews

Jaciara Barros - Portal Jaciara Barros

Assinam ainda os seguintes veículos não integrantes da AVECOM, através dos seus representantes.

Marcos Pimenta - Rádio Líder FM

Marcelo Macedo - Sucesso FM

João Victor - Gazeta Tocantinia

Antônio Reis - Portal Gazeta do Bico e Rádio FM Fênix

Raimundo Silva de Oliveira - Sistema Dimensão FM

Saulo Póvoa - BR FM Alvorada

Rodrigues de Sousa - Tribuna do Interior

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente