Tribuna do Interior

Tocantins, Terça-feira, 28 de junho de 2022.
22/06/2022 - 15h02m

Governo do Tocantins e municípios discutem Assistência Social no Estado

Cludio Duarte/Governo do Tocantins 
Foto: Carlessandro Souza
A reunião prosseguiu tratando dos temas relevantes para a Assistência Social no Tocantins
A reunião prosseguiu tratando dos temas relevantes para a Assistência Social no Tocantins

Os técnicos da Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), gestores municipais e estaduais de assistência social, e demais membros da Comissão Intergestores Bipartite do Tocantins (CIB/TO) se reuniram nessa quarta-feira, 22, para a realização da 143ª Reunião Ordinária. O encontro aconteceu desde as 8h30, por meio do aplicativo Google Meet.

O encontro teve inicio com os informes da Diretoria do Sistema Único de Assistência Social (DSuas); Gerência de Gestão do Suas; Gerência de Proteção Social Básica, Bolsa Família e Benefícios; Serviços da Proteção Social Básica (PSB); e Programa Criança Feliz (PCF).

A secretária executiva da Setas, Simone Brito, participou do encontro e lembrou a importância do diálogo e pactuação entre o Estado e os municípios. "O diálogo entre as instancias possibilita avanços na politica pública de Assistência Social, de modo a consolidar uma oferta de serviços de qualidade em todos os municípios tocantinenses", destacou a secretária.

A reunião prosseguiu tratando dos temas relevantes para a Assistência Social no Tocantins, como a "Validação do recebimento dos Planos Municipais de Assistência Social", uma demanda do COEGEMAS; e o "Termo de Adesão do Programa Auxílio Brasil (PAB)", "Incentivos ao PAB" e "Projeto Ecosol Territorial e Plano de Ação de Inclusão Produtiva", demandas da Setas.

A coordenadora da CIB no Tocantins, Sueli Tavares de Abreu, disse que a equipe técnica da Setas está continuamente atenta às necessidades das equipes municipais, e prossegue orientando e capacitando os gestores e técnicos dos municípios.

CIB

A Comissão Intergestores Bipartite é um espaço de articulação dos gestores municipais e estaduais de assistência social, e caracteriza-se como instância de negociação e pactuação dos aspectos operacionais da gestão do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente