Tribuna do Interior

Tocantins, Quinta-feira, 20 de janeiro de 2022.
13/01/2022 - 18h34m

Governo do Tocantins garante água tratada de qualidade aos moradores impactados pelas enchentes

por Gabrielle Farias/Governo do Tocantins* 
Foto: Nielcem Fernandes/ Governo do Tocantins
Os sistemas de tratamento e filtragem de água foram substituídos preventivamente conforme previsto no PEPE
Os sistemas de tratamento e filtragem de água foram substituídos preventivamente conforme previsto no PEPE

Mesmo com os transtornos causados pelas enchentes que afetam o Estado, o Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), vem trabalhando diuturnamente para garantir a qualidade da água fornecida aos consumidores dos 45 municípios atendidos pela Agência.

A situação é mais delicada em alguns municípios da região centro-norte, onde a captação da água é feita no Rio Tocantins e seus afluentes, por meio de bombas instaladas em balsas ancoradas às margens dos rios.

Essa situação foi registrada nos municípios de Tocantínia, Tupirama e Palmeirante. Em Lajeado também houve um aumento elevado do volume de água onde é feita a captação.

"Nós da ATS nos solidarizamos com todas as famílias impactadas pelas enchentes e estamos trabalhando para atender a demanda de todos os municípios concessionários. Dessa forma, podemos tentar minimizar os impactos causados à nossa população, garantindo o fornecimento de água tratada com qualidade aos 45 municípios concessionários da Agência", destaca o presidente da ATS Davi Goveia Júnior.

Outro desafio enfrentado pela ATS nesse período chuvoso se refere ao acesso aos municípios que possuem captação via subterrânea, por meio dos Poços Tubulares Profundos (PTPs), devido aos alagamentos de algumas rodovias e estradas da zona rural. Apesar da dificuldade, as manutenções vêm sendo realizadas normalmente pelas equipes da Agência, sem que haja prejuízo à população.

O diretor de produção da ATS, Marcos Antônio da Silva Júnior, explicou que como todos os anos ocorrem algumas situações pontuais devido ao elevado volume água registrado no período chuvoso, a Agência havia planejado e executado medidas contidas dentro do Programa de Enfrentamento ao Período de Estiagem (Pepe), para minimizar os impactos à população atendida, como reforma das instalações das Estações de Tratamento de Água (ETAs), bem como a reposição e a troca do material filtrante das ETAs, o que garante a excelência no tratamento e distribuição da água neste período chuvoso.

"A população pode ficar despreocupada pois o atendimento está sendo feito, as manutenções realizadas normalmente, tanto preventivas quanto corretivas. Estamos antecipando problemas que podem ser causados pelas chuvas excessivas no estado, por isso os clientes podem ficar tranquilos em relação ao abastecimento em todos os municípios concessionários", ressalta o diretor.

(*Estagiária sob a supervisão do jornalista Nielcem Fernandes)

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente