Tribuna do Interior

Tocantins, Sábado, 28 de maio de 2022.
05/05/2022 - 18h19m

Grupo de Trabalho realiza acompanhamento estratégico do Projeto de Regulação da Porta de Entrada do HGP

Laiany Alves /Governo do Tocantins 
Foto: Divulgação SES-TO
A reunião contou com a participação de técnicos das SES/TO, Cosems/TO e representantes da secretaria de saúde de Palmas
A reunião contou com a participação de técnicos das SES/TO, Cosems/TO e representantes da secretaria de saúde de Palmas

Na quarta-feira, 04, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) realizou a primeira reunião para acompanhamento do Projeto Piloto de Regulação da Porta de Entrada da Urgência e Emergência Adulta do Hospital Geral de Palmas (HGP). A ação teve a coordenação da Superintendência de Políticas de Atenção à Saúde (SPAS) e contou com a participação de técnicos das gerências de Regulação, Urgência e Emergência, Diretoria de Atenção Primária, Conselho de Secretários Municipais de Saúde (COSEMS/TO) e representantes da Secretaria de Saúde de Palmas.

"Depois de 10 dias de utilização do Protocolo, que regulamenta o acesso à porta de entrada do pronto socorro do HGP por meio da regulação, realizamos uma reunião institucional para ouvir os municípios. Uma escuta qualificada sobre a implantação do projeto e funcionamento do sistema SER II para regulação", afirmou a superintendente de Políticas de Atenção à Saúde da SES-TO, Juliana Veloso.

Ainda segundo a superintendente, "as demandas apresentadas pelos municípios serão levadas para o grupo técnico da Secretaria para fortalecimento desta ação. A reunião mostra a parceria, comprometimento e a responsabilidade de toda equipe envolvida, tanto da Secretaria de Estado quanto das secretarias municipais", disse.

Projeto

O HGP é porta de entrada para urgência e emergência, o Projeto Piloto tem como escopo regular as unidades de saúde dos municípios Palmas, Aparecida do Rio Negro, Lagoa do Tocantins, Lizarda, Novo Acordo, Santa Tereza do Tocantins e São Felix do Tocantins, que tem o HGP como a sua primeira referência em saúde.

 As unidades hospitalares de Miracema (Hospital Regional de Miracema), Paraíso do Tocantins (Hospital Regional de Paraíso) e Porto Nacional (Hospital Regional de Porto Nacional e Hospital e Maternidade Tia Dedé) também serão beneficiados nesse projeto, pois o HGP é a segunda referência em saúde dessas unidades.

O projeto traz um Protocolo que regulamenta o acesso à porta de entrada do pronto-socorro através das práticas regulatórias mediadas pela Central Estadual de Regulação (CER) e Núcleo Interno de Regulação do Hospital Geral de Palmas (NIR/HGP).

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente