Tribuna do Interior

Tocantins, Quinta-feira, 20 de janeiro de 2022.
13/01/2022 - 18h11m

Saúde alerta para cuidados com leptospirose durante período de chuvas

Gabriela Almeida ? Governo do Tocantins 
Foto: Divulgação/Governo do Tocantins
A SES-TO orienta que população evite o contato com a água das enchentes e deve-se armazena o lixo adequadamente
A SES-TO orienta que população evite o contato com a água das enchentes e deve-se armazena o lixo adequadamente

Com o grande volume de chuvas registrado desde o fim de dezembro, e o recente alerta emitido pela Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) alerta para os cuidados com doenças que podem ser transmitidas durante o período de chuvas, como a leptospirose.

"A população deve evitar o contato com águas ou lamas de enxurradas, alagamentos, enchentes e inundações, bem como impedir que crianças brinquem ou nadem nestas águas. É necessário, também, acondicionar adequadamente o lixo, em armazenamento apropriado de alimentos, desinfecção e vedação de caixas d´água", orienta a assessora de Zoonoses e Animais Peçonhentos da SES-TO, Iza Alencar Sampaio.

Durante a limpeza da lama em residências ou nas ruas, é recomendado usar botas e luvas de borracha. Os profissionais de limpeza urbana também devem usá-los na remoção de detritos e desentupimentos de esgotos e manilhas.

Limpeza

Para a limpeza e desinfecção de locais e objetos que entraram em contato com água ou lama contaminada, a assessora da SES-TO orienta que se deve usar para cada 20 litros de água diluir duas xícaras de chá (400ml) de água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%), deixando agir por 15 minutos antes de terminar a limpeza.

Na limpeza de caixas de águas e cisternas, a recomendação é diluir um litro de água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%) para cada 1.000 litros de água, aguardar 30 minutos, abrir as torneiras por alguns segundos até que preencha todos os canos da casa, e aguardar 1h30 para esvaziar o reservatório, podendo essa água ser utilizada para lavar chão e paredes.

A doença

A leptospirose é uma doença infecciosa febril aguda que resulta da exposição direta ou indireta a urina de animais (principalmente ratos) infectados pela bactéria Leptospira; sua penetração ocorre através da pele com lesões, pele íntegra imersa por longos períodos em água contaminada ou através de mucosas.

Sintomas

Febre, dor de cabeça, dor muscular - principalmente nas panturrilhas, falta de apetite, náuseas, vômitos. Também podem ocorrer diarreia, dor nas articulações, vermelhidão ou hemorragia conjuntival, fotofobia, dor ocular, tosse; mais raramente podem manifestar exantema, aumento do fígado e/ou baço.

© 2015 - Tribuna do Interior - Todos os direitos reservados.
Expediente